segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Cayo, el cartunista de manos vacías [8]

Tira colorida no photoshops feita durante a viagem de natal e que já tem continuação, mas estou com preguiça de retocar...

Depois de amanhã eu posto!








PS: Depois de amanhã porque hoje já é meu aniversário!

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Cayo, el cartunista de manos vacías [7]

Última tira antes do Natal!















Ouvindo Billie Holiday...

Agora só volto pro meu aniversário!

Feliz Natal!

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Estranhos na noite...

Saco-cheio adolescente.

Eles eram adolescentes e apaixonados.
Ele: Ouve essa música! Eu estava prestando atenção e percebi que tem tudo a ver com a gente!
Ela: Sério? Que romântico!
Ele: É... É do Frank Sinatra!
Ela: De quem?
Ele: Ah! Ouve...
Ela (ouvindo): É... Legal... É meio brega, né?
Ele: Oi?
Ela: Meio velho, né?
Ele: Me dá isso aqui!
Eles eram adolescentes.

Ouvindo "Strangers In The Night" com Frank Sinatra

"Love was just a glance away,
A warm embracing dance away..."


domingo, 13 de dezembro de 2009

Cayo, el cartunista de manos vacías [6]

O Leão nosso de cada dia...









Ouvindo "Queen Bitch" com David Bowie

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Tomada Infantil

As duas crianças comiam seus lanches na hora do intervalo.
Joelho com joelho, cada qual com seu lanche. Ele pergunta:
"O que você tem ai?"
"Você não iria gostar! É natural" disse ela despreocupada.
"Credo! Foi sua mãe que fez?" perguntou ele voltando ao seu lanche.
"Não! Fui eu mesma! Li numa revista em casa que era bom comer coisas naturais..." disse dando uma primeira mordida em seu sanduíche.
"Você leu? Numa revista?" disse ele espantado.
"É... É uma que minha mãe compra. O que tem?" perguntou ela.
"Eu vi na TV que é bom comer presunto! Tem aquela coisa boa pro corpo, como chama? A gente viu na aula ontem!" ele olha para a entrada das salas como se pudesse extrair alguma dica delas.
"Proteína?" ela chutou.
"Isso! Isso! Isso mesmo! Ta vendo? Aposto que nessas coisas verdes ai não tem essa tal da proteína" ele se gabou dando uma grande mordida no seu lanche.
"Mas acho que no meu tem certos nutrientes que você jamais acharia no presunto" explicou ela com tons de sabedoria.
"A gente não precisa de mais nada quando se tem proteína" ele disse olhando com orgulho para as duas fatias de pão e algumas de presunto no meio já mordidas.
"Você não prestou atenção na aula mesmo, não é? É claro que precisamos de outros nutrientes. Proteína não é vitamina, por exemplo." argumentou ela.
"Ainda fico com a proteína" deu mais uma mordida.
"Ok, fique com sua proteína então!" e mordeu seu lanche também.
Joelhos separados, cada um com seu lanche.
O sinal bate e todos os alunos soltam um coletivo suspiro de lamento. Sem mais pega-pega, sem mais gracinhas, sem mais fofocas, sem mais discussões. Era hora de voltar. Ainda faltava uma mordida, ele já de pé virou e se rendeu:
"Tá! Talvez tenham outras coisas além da protelina"
"Proteína" corrigiu ela e se levantou.
"Tá! Que seja! Talvez tenham..." disse ele olhando os colegas voltando desanimados para as suas classes.
"E talvez eu não devesse comer só os nutrientes verdes e esquecer da proteína" ela disse.
Os dois ficaram pensando.
"Quer o último pedaço?" ele estendeu a mão.
"Só se você ficar com o meu" ela repetiu o gesto.
Cada um comeu o pedaço do outro.
"É nojento!" disse ele figindo que estava quase vomitando.
"O seu tem um gosto muito forte! Argh!" ela reclamou.
Mãos dadas, eles voltaram para a sala.




Ouvindo "Ciranda da Bailarina" com Mônica Salmaso.

Cayo, el cartunista de manos vacías [5]

A gente tem cada ideia quando desce do ônibus...

"Fragilidades..."







Ouvindo a clássica "(There Is) No Greater Love" interpretada por Amy Winehouse.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Cayo, el cartunista de manos vacías [4]

Ou "Como eu enrolei para escanear meus últimos desenhos"

"Iluminado"









"Surpresa" ou "Como não prestei atenção na aula"












Ouvindo Bowie, pra variar...